A Adoração Em Espírito e Em Verdade

            “Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim O adorem. Deus é espírito, e importa que os que O adoram, O adorem em espírito e em verdade” (Jo 4:23-24).

 

Aqui encontramos o caráter da adoração cristã. Não é um ritual, a formalidade de uma cerimônia religiosa. Está em harmonia com o que Deus é, com todos os seus atributos. Há em Deus os Seus atributos exclusivos e Seus atributos morais. Os atributos exclusivos de Deus são: Ele é onipresente, Ele está presente em todos os lugares a um só tempo. O salmista afirma que, não importa para onde formos, Deus está ali. Ele é onisciente, Ele sabe todas as coisas. Ele é onipotente, Ele é o Todo-poderoso e detém a autoridade total sobre todas as coisas e sobre todas as criaturas. Ele é eterno Ele é de eternidade à eternidade.

 

Nunca houve nem haverá um tempo, nem no passado nem no futuro, em que Deus não existisse ou que não existirá. Ele é imutável, Ele é inalterável nos seus atributos, nas suas perfeições e nos seus propósitos para os seres humanos. Ele é perfeito e santo, Ele é absolutamente isento de pecados e perfeitamente justo. Ele é trino e uno, Ele é um só Deus, manifesto em três pessoas: Pai, Filho e Espírito Santo.

 

 Cada pessoa é plenamente divina, igual às duas outras; mas não são três deuses, e sim um só Deus. Os atributos morais são: Ele é bom, Ele é amor, Ele é misericordioso, Ele é compassivo, Ele é paciente, Ele é a verdade, Ele é Fiel, Ele é justo.

 

            Nenhum incrédulo pode adorar desta maneira! Pois é somente por meio do novo nascimento que temos recebido a nova vida. A adoração é espiritual, é segundo o novo homem, e está em harmonia com o que Deus é.

           

Em perfeita harmonia com o que já foi mencionado, não nos é fornecida nenhuma forma ou cerimônia para a nossa adoração. Isso é tanto mais notável se lembramos que entre os israelitas tudo estava regulado até nos mínimos pormenores. Nem sequer conhecemos as palavras com as quais o Senhor deu graças na instituição da Ceia.

 

Não temos descrição de um apóstolo partindo o pão. Não conhecemos um hino sequer que a Igreja cantava nos dias dos apóstolos. Temos de adorar a Deus pura e simplesmente pelo Espírito (Filipenses 3:3).

 

Abs,

Alexandre Alves

3 Responses

  1. Herica Dias De Araujo Says:

    O meu Comentario e muito simples mas com bastante fe e mais encorajada…. axei muito importante pois estava aproucura de algo assim para passasr para meu grupo de louvor…pois acabei de assumir um grupo de jovem e nao sabia como explicar como era um louvor em espirito e adora;ao… Agrade;o a Deus por vcs terem esse sati…

  2. Alan Lima Says:

    Em espirito esta ligado ao espirito do homem, que é um ser tricotomo..que está ligado a como nos expressamos e nos achegamos a Ele, com o espirito corruptivel, com os nossos sentimentos e com o nosso corpo em todos os sentidos(visão, audição, paladar, tato e olfato). Em verdade significa chegar a Ele expressando quem verdadeiramente Ele é e sua natureza…uma adoração honesta…reconhecendo q precisamos Dele em tudo e sendo honestos conosco e com Deus.

  3. adimilson silva Says:

    A Paz sou da Igrja Metodista em Nova Cidade, bairro de Nilopolis.`É algo que temos como Igreja de Deus, aprender e ensinar que como Ministério de LOuvor temos que edificar nossos corações, Que o Senhor não quer de nós, momentos de louvor e sim uma vida em ADORAÇÃO, somente a Ele.

    Paz, e este post é de mortificação da carne e de crescimento no espírito!

Adicione seu Comentario!

Aguarde por favor O comentario sera examinado e depois exibido.